A Sociedade    |    Palavra do Presidente    |    Oftalmologistas Sócios    |    Sociedades Filiadas    |    Leis e Normas    |    Glossário    |    Recomendações
IMPRENSA
CONGRESSO INTERNACIONAL DE OFTALMOLOGIA DISCUTE
"O OLHO NA 3ª IDADE” E AVANÇOS QUE PODEM REDUZIR A CEGUEIRA"

De 27 a 30 de junho, no Royal Tulip Rio de Janeiro (antigo Hotel Intercontinental), em São Conrado, 15 palestrantes internacionais e 405 nacionais participam do XVII Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, que este ano comemora 90 anos de fundação. O tema oficial é “O Olho na 3ª Idade. No dia 28, aberto ao público, haverá o Simpósio sobre Avanços que Podem Reduzir a Cegueira.

O Brasil já não é mais um país de jovens. Ele está envelhecendo a olhos vistos, sem trocadilho, afirma o presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, Aderbal Alves Jr., ao explicar o tema oficial do XVII Congresso Internacional. Pesaram na escolha do tema oficial, acrescenta, dados estatísticos que não podem ser ignorados:

  1. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica cronologicamente como idosas as pessoas com mais de 65 anos em países desenvolvidos e com mais de 60 nos em desenvolvimento. Estima-se que por volta do ano de 2025, pela primeira vez na humanidade, o número de idosos será maior do que o de crianças.

  2. No Brasil, a expectativa de vida é de 68 anos para os homens e 75 para as mulheres. Atualmente, existem cerca de 13,5 milhões de idosos no país, o que representam 8% da população. Mas até 2020 serão 32 milhões e o Brasil que já foi o país de jovens, será o sexto do mundo com o maior número de idosos.
Segundo ainda recentes dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 50 anos o percentual de idosos irá dobrar. E a cidade do Rio de Janeiro, sede do XVII Congresso, é a capital com mais idosos do país: quase 13% da população. Ela tem 9 dos 10 bairros com mais idosos do país.

O último censo, realizado em 2010, mostra também que 20% da população brasileira apresenta algum tipo de problema visual, entre leve, moderado e severo. É considerada a maior percentagem de deficiência física no país.

No entanto, apesar desses dados, não existe uma política pública para os idosos, fator preocupante para a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, de acordo com o presidente Aderbal Alves Jr. ao ressaltar que é através do sentido da visão que se dá 70% da relação do indivíduo com o mundo. E o olho é o primeiro órgão a envelhecer. Mesmo para quem tem boa saúde: a presbiopia (vista cansada) é praticamente inevitável a partir dos 40 anos.

Nos três simpósios sobre “O Olho na 3ª Idade”, haverá a discussão e atualização sobre os três mais graves problemas visuais que podem levar à cegueira a partir dos 60 anos: a catarata, o glaucoma e a degeneração macular relacionada á idade (DMRI).

Dessas três patologias, a catarata é a única cuja cegueira é reversível. A catarata é a opacidade do cristalino, o que provoca a visão embaçada, opaca. Nos países desenvolvidos, explica o presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, realizam-se 5 mil cirurgias por ano e por milhão de habitantes. O Brasil não chega ao mínimo aceitável de 3 mil cirurgias por ano e por milhão de habitantes, como recomenda a Organização Mundial da Saúde.

Quanto ao glaucoma, Aderbal Alves Jr. afirma que estima-se que existam 900 mil brasileiros com glaucoma (perda progressiva da visão lateral), mas acredita-se que o número seja muito maior, devido ao desconhecimento da doença. É extremamente grave, se não diagnosticada e tratada a tempo. O glaucoma pode levar à cegueira irreversível, pela destruição das células retinianas e do nervo óptico.O glaucoma acomete 4% da população acima dos 40 anos.

A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) já afeta 2,9 milhões de brasileiros acima dos 65 anos de idade e pode levar à perda parcial ou total da visão. A DMRI ( lesão na mácula- parte central do olho) afeta tanto a visão para perto quanto para longe. Seus primeiros sintomas são um esmaecimento das cores, a percepção de uma área escura ou vazia no centro da visão e a alteração do tamanho dos objetos. As pessoas com íris azul ou verde estão mais sujeitas a ter DRMI, segundo Aderbal Alves Jr.

Outros problemas visuais comuns nos idosos também serão abordados, entre os quais, olho seco, retinopatia diabética e moscas volantes, pequenos pontos escuros, manchas, filamentos, círculos ou teias de aranha, que parecem se mover na frente de um ou dos dois olhos. São mais percebidas durante a leitura ou quando se olha fixamente para uma parede vazia. Elas ocorrem mais frequentemente após os 45 anos de idade.

Simpósio Grandes Avanços que Podem Reduzir a Cegueira será realizado no dia 28 de junho, das 17 às 18h30, com a participação de grupos de apoio como a ABRAG-RJ (Associação Brasileira dos Amigos, Familiares e Portadores de Glaucoma), Grupo Retina Rio ( apoio aos portadores de doenças degenerativas da retina) e Lions Clube. Aberto ao público (mediante inscrição pelo e-mail oftalmologia@interevent.com.br ), mas com limite de vagas.

Durante o simpósio serão abordados desde a visão artificial, a cegueira na infância, até células tronco em oftalmologia. Também será apresentada a política governamental de prevenção da cegueira e traçado um quadro da epidemiologia da cegueira no mundo.

Sociedade Brasileira de Oftalmologia

Fundada em 6 de setembro de 1922, a Sociedade Brasileira de Oftalmologia é a quarta mais antiga da especialidade nas Américas. Tem por objetivo o aprimoramento técnico-científico dos oftalmologistas, promover a melhora do nível de assistência oftalmológica no país e realizar campanhas de esclarecimento à população.

Serviço: XVII Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Data: 27 a 30 de junho de 2012
Local: Royal Tulip Rio de Janeiro- Av. Aquarela do Brasil, 75- São Conrado- Rio de Janeiro
Site: www.sboportal.org.br
E-mail: midia@sboportal.org.br
 
IDENTIFICAÇÃO
Para acessar a área do médico, identifique-se informando os campos solicitados abaixo:
 
Revista Brasileira de Oftalmologia
Submissão de artigos para Revista Brasileira de Oftalmologia
Acesse:   
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19
ABR
JBO 176 já está disponível para baixar em pdf no link JBO
19
ABR
1º CLORE - Curso de Córnea, Lentes de Contato, Ortoceratologia e Refratometria, no auditório da SBO, de 28 de junho a 1º de julho. Confira programação científica
17
ABR
2ª Sessão Extraordinária da SBO, dia 27/04, às 20h, reúne os Serviços do Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), MP Oftalmo, Instituto Brasileiro de Assistência e Pesquisa (IBAP) e Hospital Central da Aeronáutica (HCA)
11
ABR
IBAP Oftalmologia promove Curso de Lentes de Contato - Teórico/Prático Professor Cléber Godinho, nos dias 28 e 29 de abril
05
ABR
Vende-se clínica oftalmológica, toda equipada e com vários convênios. São 3 unidades na cidade do Rio de Janeiro: Barra da Tijuca, Madureira e Bangu. Veja mais na área do médico em Banco de Oportunidades
03
ABR
Simpósio Internacional de Oncologia Ocular , Tumores Intraoculares e Anexos, dia 29/4, no Hotel Mercure BH Lourdes, Belo Horizonte, com participação de Bita Esmaeli (EUA), Dan S.Gombos (EUA) e Geoffrey Rose (Inglaterra)
29
MAR
SBO orienta como agir para denunciar prática ilegal da oftalmologia. Leia mais na área do médico, no link Exercício Profissional
10
FEV
40º Simpósio Internacional de Oftalmologia do IPEPO traz dados inéditos do Zika vírus no Brasil e nos Estados Unidos
26
JAN
CFM orienta CRMs sobre o uso de nome social por médicos transgêneros em documentos administrativos. Saiba mais na área do médico, no link Fique Atento
14
OUT
Veja no Calendário a agenda de eventos oftalmológicos até outubro de 2018 e programe-se com antecedência
 
 Rua São Salvador, 107 - Laranjeiras - RJ - Cep: 22.231-170    Tel.: +55 (21) 3235-9220 | Fax.: +55 (21) 2205-2240    E-mail: sbo@sboportal.org.br