A Sociedade    |    Palavra do Presidente    |    Oftalmologistas Sócios    |    Sociedades Filiadas    |    Leis e Normas    |    Glossário    |    Recomendações
SBO EM AÇÃO
Dia Nacional do Idoso
 
Perder a visão é uma das deficiências mais incapacitantes do ser humano

A população brasileira está envelhecendo e, como evidenciam as mais recentes projeções populacionais do Brasil, em 2050, 66,4 milhões de brasileiros (29% da população) terá 60 anos ou mais.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que existam no Brasil aproximadamente 4 milhões de pessoas com deficiência visual e cerca de 1,5 milhão de cegos. A grande maioria idosa.

- Perder a visão é uma das deficiências mais incapacitantes do ser humano- mais de 80% da relação do indivíduo com o mundo se dá através da visão, ressalta Marcus Safady, coordenador da Comissão de Projetos Especiais da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, para quem o Dia do Idoso, celebrado em 27 de setembro, é uma oportunidade de conscientizar a população da importância dos cuidados com a visão.

Marcus Safady destaca que os idosos precisam ficar atentos. Eles são os mais afetados por problemas visuais, uma vez que suas estruturas oculares sofreram numerosos danos com o passar dos anos, razão pela qual é de “suma importância” realizar exames oftalmológicos frequentemente.

Ele chama atenção para três patologias que podem levar à cegueira pessoas acima de 60 anos: a catarata, o glaucoma e a retinopatia diabética.

- A catarata é a opacidade do cristalino. Com o tempo ele vai ficando menos transparente e a visão começa a ficar mais difícil. Este quadro pode piorar até que fique impossível enxergar, sendo inevitável a cirurgia. Após a cirurgia, a visão é restabelecida informa Marcus Safady. - Já o glaucoma provoca lesão no nervo óptico e pode levar à cegueira irreversível se não detectado a tempo. Quanto à retinopatia diabética, mais comum em pessoas que têm diabetes há mais de 20 anos, é caracterizada pela alteração dos vasos sanguíneos, ocasionando má circulação na retina, que pode resultar em queda de visão gradual seguida, muitas vezes, por queda de visão abrupta.

Segundo o coordenador da Comissão de Projetos Especiais da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, as taxas de cegueira em pessoas com mais de 80 anos são 15 a 30 vezes maiores do que entre as pessoas de 40 a 50 anos, contudo, “é importante consultar anualmente um médico oftalmologista já a partir dos 40 a 45 anos, quando ocorre a presbiopia- vista cansada, que se caracteriza pela dificuldade em enxergar objetos que estejam próximos dos olhos”, afirma o especialista. “A vista cansada ocorre por causa do enfraquecimento do músculo ciliar, que faz a acomodação do cristalino, uma espécie de lente que temos dentro dos olhos e que permite uma visão nítida para perto, média e longa distância”.

- Quando se é jovem, esse músculo é elástico, mas com o passar do tempo, por volta dos 40 anos, vai se tornando mais rígido e perde suas funções. Faz parte do envelhecimento natural, explica Marcus Safady: “o olho é o primeiro órgão a envelhecer”, conclui.
 Rua São Salvador, 107 - Laranjeiras - RJ - Cep: 22.231-170    Tel.: +55 (21) 3235-9220 | Fax.: +55 (21) 2205-2240    E-mail: sbo@sboportal.org.br