A Sociedade    |    Palavra do Presidente    |    Oftalmologistas Sócios    |    Sociedades Filiadas    |    Leis e Normas    |    Glossário    |    Recomendações
SBO EM AÇÃO
Dia 13 de dezembro- Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual
Santa Luzia – protetora dos olhos, padroeira dos oftalmologistas
Dia 13 de dezembro é o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual, data criada pelo presidente Jânio Quadros e instituída a partir do Decreto nº 51.405/61, publicado no Diário Oficial em 26 e julho de 1961, em homenagem a José Álvares de Azevedo, o responsável por introduzir a leitura em Braille no Brasil em dezembro de 1850.
José Álvares de Azevedo, responsável por introduzir a leitura em Braille no Brasil
 
A data tem por objetivo diminuir a discriminação e aumentar a integração dos deficientes visuais, conscientizando a sociedade sobre a importância da consulta oftalmológica para prevenir casos de cegueira. Segundo dados do IBGE, mais de 6,5 milhões de brasileiros têm alguma deficiência visual. Desses, 528.624 são incapazes de enxergar.

Também no dia 13 de dezembro comemora-se o Dia de Santa Luzia, ou Santa Lucia, uma das datas importantes da tradição católica. A Santa é a protetora dos olhos e padroeira dos oftalmologistas. Seu nome significa portadora da luz ou aquela que serve a Luz. O Dia de Santa Luzia é o de sua morte, que acredita-se tenha sido em 13 de dezembro do ano de 304 segundo o calendário gregoriano.
 
Representação de Santa Luzia, ou Santa Lucia, que nasceu em Siracusa, Itália
 
Nascida em Siracusa na Itália, no final do século III, Luzia era de uma família rica e cristã, e tinha uma grande fé. Após a morte de seu pai, a sua mãe, que estava muito doente, insistiu para que Luzia se casasse. Ela pediu então à mãe um tempo para decidir-se e, acreditando em sua fé, propôs à sua mãe que elas fossem juntas visitar o túmulo de Santa Águeda em Catânia. Caso sua mãe se recuperasse, ela se dedicaria à vida cristã. Sua mãe milagrosamente foi curada.

Luzia então vendeu todo o seu dote para dar aos pobres. Com isso provocou a ira de um rapaz que a queria como noiva. Rejeitado, ele a denunciou como cristã, considerado crime na época, perante as autoridades romanas. Como punição, ela foi condenada a servir em uma casa de prostituição até renunciar à sua fé.

Após as tentativas de punição falharem, foi determinado que lhe fossem arrancados os olhos, pena que era considerada a mais pesada, depois da pena de morte. Assim arrancaram os olhos de Luzia e lhe entregaram em uma bandeja Mas no dia seguinte, Luzia estava com os olhos perfeitos e mais bonitos, sendo que a partir desse milagre originou-se a crença de que Luzia é a protetora dos olhos.

Fracassadas todas as tentativas de punir Luzia, as autoridades determinaram que ela fosse decapitada, o que foi feito em 13 de dezembro do ano 304. Luzia se tornou uma mártir cristã, considerada Santa pelos milagres atribuídos a ela. As orações para Santa Luzia buscam a proteção e cura de doenças que afetam os olhos, razão pela qual é considerada a padroeira da Oftalmologia e daqueles que têm problema de visão.
 Rua São Salvador, 107 - Laranjeiras - RJ - Cep: 22.231-170    Tel.: +55 (21) 3235-9220     E-mail: sbo@sboportal.org.br   E-mail Imprensa: midia@sboportal.org.br