A Sociedade    |    Palavra do Presidente    |    Oftalmologistas Sócios    |    Sociedades Filiadas    |    Leis e Normas    |    Glossário    |    Recomendações
SBO EM AÇÃO
Volta às aulas: a importância do exame oftalmológico
 
Exame oftalmológico completo permite detectar precocemente inúmeros problemas oculares, que podem prejudicar o aprendizado do aluno
 
No início do período escolar, que começa esta semana para a maioria das crianças do ensino fundamental,a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) faz um alerta: é importante que os alunos sejam submetidos a um exame oftalmológico completo para detectar possíveis problemas visuais que podem prejudicar o rendimento escolar.

Segundo o Censo Escolar da Educação Básica, divulgado pelo Ministério da Educação no final do ano passado,o ensino fundamental tem 48,6 milhões de alunos matriculados. E, conforme demonstram as campanhas realizadas pela Sociedade e suas filiadas, o número de crianças em torno de 6 a 9 anosde idade, que precisam usar óculos de grau devido a algum problema de refração, passou de 10% para 20%, nos últimos dez anos.
 
Crianças míopes melhoram o rendimento escolar com o uso de óculos apropriados, que por lei só podem ser prescritos por um médico oftalmologista
 
Entre os fatores apontados para esse aumento está a falta de convivência em ambiente externo (crianças hoje brincam menos ao ar livre). Cada vez mais as crianças começam precocemente a usar joguinhos, tablets,etc, e o uso frequente desses eletrônicos força a visão, o que tem provocado aumento dos casos de miopia e Síndrome Pediátrica do Olho Seco (evaporação mais rápida do filme lacrimal por estar muito tempo à frente das telas).

Toda criança deve ser avaliada por um médico oftalmologista no início do ano letivo, pois muitas delas não conseguem perceber a existência de um problema ocular que precisa ser corrigido.

- Muitas crianças não sabem informar aos responsáveis o que está causando incômodo, além disso, muitas delas não conseguem identificar uma piora da visão, por isso a importância da realização de uma consultacom um médico oftalmologista, ressalta Edna Almodin, presidente da SBO.

- Tanto a água do mar quanto a das piscinas podem provocar irritação nos olhos, levando à conjuntivite explica Armando Crema, presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, ao enfatizar a importância redobrada também com os cuidados com a higiene. Não compartilhar artigos de maquiagem, por exemplo, é fundamental. Nunca se deve esfregar os olhos, usar sempre lenços de papel descartáveis, ressalta Armando Crema, presidente da SBO.

A SBO alerta ainda: pais e professores devem estar atentos aos sintomas como dor de cabeça, olhos irritados para fazer as tarefas, franzir a testa nos momentos de leitura, falta de atenção e tropeços com frequência. Esses são indícios de que a criança pode ter algum problema visual, e geralmente, esses problemas oculares são mais facilmente detectados na infância.

- Além de detectar distúrbios oftalmológicos que dificultam o aprendizado e as atividades da criança, o exame oftalmológico completo pode identificar problemas como estrabismo, hipermetropia, entre outros, muitos dos quais podem ser corrigidos ou tratados quando detectados precocemente, explica ainda Edna Almodin.

Ela lembra que 80% da relação do indivíduo com o mundo se dá através da visão. E até os 8 anos de idade, a criança ainda está em formação visual, e por isso devem ser feitas consultas periódicas. O recomendávelé que o primeiro exame seja feito entre 6 meses a 1 ano de idade; depois, 1 ano e meio e 3; aos 5, e o por fim, aos 8.
 
Hoje já existem inúmeros modelos de óculos infantis, com design moderno e apropriados para fazer a alegria da garotada
 
A Sociedade Brasileira de Oftalmologia alerta também que todo recém-nascido deve ser submetido ao chamado "Teste do Olhinho", o Teste do Reflexo Vermelho. Ele é obrigatório na maior parte dos estados brasileiros e detecta problemas congênitos de visão, tais como: glaucoma congênito, catarata congênita, retinoblastoma (tumor ocular que se não tratado pode causar a morte da criança ainda na primeira infância), entre outros.Por isso os primeiros anos de vida são muito importantes para o bom desenvolvimento visual das crianças, conclui a presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.
 Rua São Salvador, 107 - Laranjeiras - RJ - Cep: 22.231-170    Tel.: +55 (21) 3235-9220     E-mail: sbo@sboportal.org.br   E-mail Imprensa: midia@sboportal.org.br